Coisas de criança

15:05

Quem se lembra das suas coisas de criança? Eu lembro-me de muitas e vou relembrar algumas...


Quando era mais nova punha os braços dentro da camisola e dizia às pessoas que os tinha perdido. Eu dormia com todos os animais (de peluche) para nenhum ficar ofendido ou sentir-se rejeitado. Eu tinha daquelas canetas com 6 cores e tentava carregar em todas ao mesmo tempo. Eu pegava numa folha e usava todas as canetas e lápis e marcadores que tinha. Eu punha o sumo nas tampas e fingia que estava a beber shots. Eu esperava atrás das portas para assustar as pessoas, mas saía sempre ou porque elas estavam a demorar tempo demais ou porque tinha de ir fazer ''xixi''. Eu achava que a minha avó era mágica porque tirava os dentes para os escovar. Eu fingia estar a dormir no sofá para o meu pai ou a minha mãe me carregar para a cama. Ou fingia estar a dormir só para ver o que os meus pais faziam (eles punham-se a olhar para mim e mais nada...). Eu costumava pensar que a lua seguia o carro. No carro, quando chovia, olhava para aquelas duas gotas de água a escorrer pela janela como se fosse uma corrida e fazia apostas de quem iria ganhar. Eu começava o jogo de novo cada vez que via que ia perder. Eu engolia os caroços das frutas com um medo de me crescer uma árvore na barriga. As pessoas diziam que estava o bicho papão ou o velho de bengala nalgum sítio só para não ir para lá. Eu vestia a roupa dos meus pais e imitava-os. Eu achava que o espelho era  um portal para o outro mundo.

Será que era só eu? Ou todos nós?

Lembram-se quando éramos crianças e queríamos crescer?  
Onde é que tínhamos a cabeça? 

Onde está a criança que sempre fomos? 
A nossa criança está sempre dentro de nós próprios, porque é que às vezes não a revelamos... Porque somos tão maus para as pessoas? Porque é que não mostramos que somos felizes, como quando eramos crianças? Porque é que temos tanto medo ou vergonha de mostrar como fomos, aposto que fomos muitos felizes nessa altura... sem preocupações, sem medos, como carregadas de amigos, riamos, queríamos miminhos, sem responsabilidades... 

Agora? Bem, agora não somos assim, temos que nos comportar para não sermos dados como loucos ou mal-educados; temos que cumprir ordens, temos responsabilidades e muitas, muitas e muitas preocupações, guardamos todos nós, choramos mais do que rimos.  

Quero voltar a ser piquinina ...  

ML

You Might Also Like

0 comentários

Número total de visualizações de página